DIA DE S. VALENTIM


Amanhã comemora-se o dia de S. Valentim ou Dia dos Namorados.

A história do Dia de São Valentim remonta ao Império Romano. Durante o governo do imperador Cláudio II, foi proibida a realização de casamentos, com o objectivo de formar um grande e poderoso exército. Cláudio II acreditava que se os jovens não tivessem família, se alistariam no exército com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimonias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens mandavam-lhe flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que mandaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Assíria filha do carcereiro. Os dois apaixonam-se e ela milagrosamente recupera a visão. O bispo escreveu uma carta de amor para Assíria com a seguinte assinatura: “Do teu Valentim”, expressão ainda hoje utilizada. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.

O dia é, hoje em dia, muito associado com a troca mútua de recados de amor em forma de objectos simbólicos. Símbolos modernos incluem a silhueta de um coração e a figura de um Cupido com asas. Iniciada no século XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Estima-se que, pelo mundo fora, aproximadamente um bilião de cartões com mensagens românticas são mandados a cada ano, tornando esse dia um dos mais lucrativos do ano.

Aqui fica uma sugestão para o dia de amanhã: uma das mais belas histórias de amor contadas num filme pósmodernista de Baz Luhrmann.
video

Nenhum comentário: