CICLO DE CINEMA: "GRANDES REALIZADORES"

Este mês, no ciclo "Grandes Realizadores", apresentamos a obra-prima incontestada de Buster Keaton, um dos maiores cómicos do cinema. Em PAMPLINAS MAQUINISTA, Johnnie, maquinista da locomotiva, prova a sua coragem à sua amada, alistando-se no exército. Piadas, acção e emoção sucedem-se ao ritmo da música especialmente composta por Joe Hisaishi. O filme termina com uma canção inédita interpretada por Anna Mouglalis e escrita por Georges Moustaki.
Buster Keaton é considerado um dos mais maiores cómicos das comédias mudas. Estreou-se nos palcos aos três anos com um número de acrobacia. Recebe o apelido de Buster (demolidor) pela sua resistência aos tombos. Em 1917 estreia-se no cinema e torna-se famoso pela sua forma de representação. A sua fisionomia conseguia ficar impassível mesmo perante os acontecimentos mais hilariantes e ao mesmo tempo era capaz de expressar uma grande variedade de emoções. Ficou conhecido na história do cinema como o "cómico que nunca ri". O seu porte físico franzino, contrastava com as acrobacias e a flexibilidade do seu corpo.

Vê aqui um tributo a este grande nome do cinema mudo.




video

Nenhum comentário: